Follow by Email

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Existe algo ainda pior???

Essas duas historias são verdadeiras, todavia seus nomes foram omitidos por solicitação dos escritores. Eles me enviaram as historias por e-mail onovocontadordehistorias@gmail.com Vamos a elas:



Mulher de meia idade perde filho. Ele falece aos 40 anos. Hoje está morto há 1 ano. A cada dia que passa a saudade aumenta mais em vez de diminuir. Ela tem tipo picos hipertensivos por isso. Está usando antidepressivos, calmantes e remédios p pressão. Detalhe, ela via o filho todos os dias. Eles iam ao sitio da família juntos.



Ai vocês me perguntam, existe algo ainda pior que o sofrimento dessa senhora? Pois vejam:



Mulher de meia idade tem uma filhinha que, com 6 meses de idade, é diagnosticada com câncer no cérebro. Ela inicia tratamento no HC de Ribeirão Preto. Com 6 anos de idade, após vários tratamentos, é tida como curada pelos médicos. Com 7 anos ela passa a ter vômitos e dores de cabeça. Ë diagnosticada como tendo recidiva do tumor no cérebro. Com 11 anos ela morre.


Existe algo ainda pior???Pense no sofrimento dessas pessoas e veja se você não está sofrendo por coisas menores. E no fim essas pessoas dariam tudo p ter a vida de vocês !!!



22/07/11

terça-feira, 19 de julho de 2011

Amigos

Esse texto foi me enviado por um leitor, vamos chamá-lo de Mateus, embora esse não seja seu nome real. Ele prefere ficar no anonimato.


Quem quiser publicar seu texto pode me encaminhar para onovovontadordehistorias@blogspot.com


O teto se segue assim:
                                                                 
"Amigos
Já os tive aos montes
Apanhava deles, fraquinho que eu era
Chorando em casa chegava então, bons tempos !?
Por que me batiam? Porque não me abraçavam ? Me ouviam ? Ou me ajudavam ?




Será que era porque eram crianças ?
Outros amigos fiz, esses também me batiam
Não era agressão física de criança, era agressão gratuita de adolescente, psicológica entendem?
Como essa dor machucou e machuca até hoje ! Por que assim me tratavam ?


Será que porque eram adolescentes ? Será que era para me ver sofrendo ?
Será que o prazer vem justamente do sofrimento de outrem ?
Sei que mesmo hoje, agressões psicológicas continuam a ocorrer, dessa vez de adultos.
Será que o fazem por serem adultos ?




Ou será eu o errado em tudo isso ? Será que todos nos somos, no fundo, maus de natureza ?
Enquanto esta resposta não vem.....Será que um dia, as agressões acabam ? Ou será que um dia, ela acabam comigo ?"





Mateus
19/07/11